Autora: SIMONE THIBES
Livro: OS DEZ MANDAMENTOS DA CRIANÇA FELIZ

Olá! Meu nome é Simone Genaro Thibes. Mas como sempre me disseram que para assinar um trabalho o nome deve ser mais curto (é verdade isso?), então optei por assinar Simone Thibes. Mas que fique claro, amo meu nome completo! Sou artista plástica, ilustradora e arte-educadora. E agora, para minha alegria, escritora! Como isso aconteceu? Bom, sempre trabalhei com crianças. E amo o que eu faço. Durante todos esses anos em contato com os pequenos, posso dizer que vi muita coisa. Coisas boas e nem tão boas também. O universo infantil me encanta e por isso presto muita atenção em tudo o que acontece, com eles e sobre eles. Foi aí que tive a idéia de escrever algo sobre os Direitos da Criança, mas de maneira que elas, as maiores interessadas, pudessem entender! Isso foi há mais ou menos 20 anos! Sim, pasmem! 20 anos com o projeto engavetado. E durante a pandemia do covid 19, em 2020, num momento muito triste para a humanidade, tive essa grande alegria. O projeto do meu coração saiu da gaveta e nasceu meu primeiro tesourinho, que batizei de Tesourinho da Alegria Cacá e Cia! Cacá e Cia são meus personagens, que criei como ilustradora. E é isso. Espero de coração poder alegrar muitas crianças com Os dez mandamentos da criança feliz.

     

Autor: GABRIEL ALVES
Livros: SAGA SHÁKILA

A Saga Shákila nasceu quando de maneira bem inusitada. Eu tinha dez anos de idade e comecei a treinar futsal, mas não porque gostava. Era pra me encaixar. Todo mundo jogava. E justamente por ser muito ruim, eu não me encaixava e a galera da minha idade riam demais de mim. Depois de muito tentar, resolvi rascunhar sobre um lugar onde as pessoas seriam aceitas mesmo sem se encaixarem num padrão - um lugar que, anos mais tarde, passou a se chamar Shákila, que vem do árabe “belo, agradável”. Por isso, a dimensão Shákila não tolera a presença humana: porque ela é naturalmente perversa. Experiências de esporte frustrantes rendem histórias, viu só?! 
Outra curiosidade é que o primeiro livro foi inteiramente escrito à mão, num caderno, quando eu era mais novo. Depois, foi digitado do zero, no computador - e inteiramente perdido, numa formatação que tivemos que fazer… então, meses antes da publicação, tivemos de digitá-lo do zero mais uma vez. A loucura e correria contra o tempo eram a rotina.

     

Autor: ANDERSON CONCEIÇÃO
Livro: APROVEITE O CAMINHO

O livro “Aproveite o Caminho” foi inicialmente um sermão preparado para um culto. A aceitação foi tão boa que mais tarde resolvi complementá-lo e transformá-lo em um livro. Apesar da ideia ter vindo da viagem à Ilha Bela, eu não cito este episódio no sermão, restringindo apenas aos conceitos do tempo, da distância e da companhia. 
Um fato curioso sobre a elaboração do livro diz respeito aos agradecimentos. Como a Daiane (minha esposa) estava grávida enquanto eu escrevia, fiquei em dúvida se colocava ou não a Alice (minha bebezinha).  Como ela não faz parte da história, pois ainda não havia nascido, decidi manter os agradecimentos sem o seu nome, uma vez que terminei o livro antes dela nascer (não sei se ela vai gostar muito de saber quando for maior, mas prometo colocá-la em primeiro lugar nos próximos livros).
O nome original do livro seria “Eu Sou o Caminho”, em alusão à declaração de Cristo, mas, após analisar, percebi que seria um “spoiler” quanto ao seu conteúdo e que o título seria pouco comercial, optando então para o atual.
Esta foi nossa segunda viagem à ilha, a primeira foi na lua de mel. Na ocasião, ficamos um tanto frustrados pois choveu todos os dias em que estivemos lá. Aproveitei o caminho, mas muito pouco o destino.